Unipaz São Paulo

UNIPAZ SÃO PAULO

Mova-se na direção dos seus sonhos

”Eu tenho um sonho”.
Martin L. King Jr.

Quem de nós nunca ouviu falar que são os sonhos que movem o mundo ou que o futuro pertence àqueles que acreditam nos seus sonhos? De geração em geração, continuamos ouvindo que toda conquista material nasceu do sonho de alguém e que, portanto, o mundo que vivemos é resultado de muitos e muitos sonhos realizados. Mas será que isso acontece com todas as pessoas?

Não existe uma resposta pronta e única para isso. Cada pessoa precisa descobrir dentro de si mesma o que realmente a faz ir além. Para saber se os sonhos movem a sua vida, comece fazendo uma retrospectiva de todas as conquistas que teve até esse momento. Pode ser  uma casa, um carro, uma festa, uma graduação, uma profissão, uma família, uma viagem… Conseguiu lembrar? Agora observe qual foi o sentimento genuíno que estimulou a ação. Foi um sonho?

Provavelmente sim. Embora não seja uma regra, boa parte das pessoas reconhece que os sonhos estão na raiz das suas conquistas mais importantes.

Mas será que todos possuem a capacidade de sonhar? E você, tem percebido os seus sonhos?

Querendo ou não, com o nosso dia a dia cada vez mais acelerado, acabamos nos afastando de quem somos de verdade, da nossa essência e dos nossos sonhos. Como diria Clarice Lispector, deixamos os sonhos na cama, acordamos e pomos nossa roupa de viver. Fazemos isso tantas vezes, dia após dia, que até pensamos que não somos mais capazes de sonhar.

Para retomar o nosso movimento, a nossa paz e a nossa capacidade de conquistar tudo o que podemos ser, o primeiro passo é recuperar nossa capacidade de SONHAR. Cada um vai encontrar a sua forma de se abrir para os sonhos, porém, para facilitar o processo, sugerimos dois pequenos caminhos possíveis:

1) Abra um espaço no seu dia a dia para se conectar com quem você é na essência. Deixe de lado as expectativas da família, da sociedade, enfim: é você com você mesmo(a). Tente observar que, ainda que timidamente, começará a perceber que há em você um “Eu que Sonha”.

2) Outro caminho bem prático  é escolher abraçar os pequenos sonhos e realizá-los de acordo com a sua realidade. Conforme você dá os seus micropassos rumo a essa realização, abra seu coração para  observar como o sonho pode ser um mapa capaz de levar você ao encontro dos anseios da sua alma.

Seja qual caminho escolher, lembre-se de que você é capaz de sonhar e usar a fonte inspiradora do sonho para criar e nutrir uma vida nova. Mergulhe nessa atmosfera dos sonhos, mas lembre-se: é muito importante transformá-los em objetivos, e trazê-los para a realidade.

Somos nós que fazemos o nosso sonho acontecer, que nos dedicamos a ele e  buscamos uma nova forma de ser e de aprender que permita que eles continuem nascendo e vindo ao mundo durante toda a nossa existência.

Afinal, quando temos um novo sonho, nosso coração começa a vibrar novamente, novas possiblidades se abrem à nossa frente e nos sentimos inteiros nessa conquista. Talvez seja por isso mesmo que o sonho esteja presente na vida das pessoas que não desistem.

Seguir o caminho da vida, orientado pelo mapa dos sonhos, pode ser uma jornada incrível. Qual sonho você escolhe abraçar agora?


Lenita Fujiwara é redatora, reikiana, aprendiz de pós-graduação em Psicologia Transpessoal e membro da equipe de Comunicação da Unipaz SP, além de practitioner de Barras de Access e terapeuta Alquímica Floral.


Nelma da Silva Sá 
é Facilitadora, Educadora, Pedagoga e Administradora de empresas. Coach de Processo de Transição Profissional. Especialista em Dinâmica Organizacional, Gestão e Ambiente de Trabalho. Pós-graduada em Transdisciplinaridade e Desenvolvimento Integral do Ser Humano pela Universidade Internacional da Paz. Experiência em Organizações Privadas com foco em implantação de Projetos e Desenvolvimento de Equipes e Lideranças. Cofundadora, Presidente e Coordenadora Pedagógica da Unipaz São Paulo. Facilitadora dos Programas: Eneagrama, Autogestão, Educação Ambiental e A Arte de Viver a Vida de Pierre Weil.

plugins premium WordPress